sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Aniversário do Mestre Liu Pai Lin

O Mestre Liu Pai Lin nasceu
no oitavo dia
do décimo segundo mês
do calendário chinês.

No calendário ocidental,
a cada ano
esta data corresponde
a um dia diferente.

Por exemplo,
em 2012 equivale a 1 de janeiro
e em 2013 a 19 de janeiro.

No Brasil,
seus alunos costumam comemorar
o aniversário do mestre
no dia 8 de dezembro.

As datas têm o mesmo valor
para as homenagens sinceras.
Calendários são convenções...

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Histórias e Provérbios do Oriente

Desenhar ideogramas chineses com um pincel
e comentar seu significado
ao contar histórias
e provérbios da cultura oriental.

Refletir sobre como estes ensinamentos,
por vezes paradoxais,
podem contribuir
à busca de uma vida mais equilibrada.

Esta é a estrutura básica
da série de vídeos realizada
por Felício Bombonato,
professor de Tai Chi Pai Lin,
para a TV Unaerp, canal universitário
da Universidade de Ribeirão Preto.

A série já conta com 14 vídeos:
Aceitação da vida; Aceitação das pessoas; Céu e Inferno;
Cobiça; Estar Ocupado; Flexibilidade; Mente positiva;
O poder da Palavra; O poder do amor; O presente;
Pobreza x Riqueza; Riqueza; Saúde; e Serenidade.


Veja no YouTube o Programa Felício Bombonato.


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Perguntas ao Mestre Liu Chih Ming

Na Revista Tai Chi Brasil número 13,
de outubro de 2011,
o Mestre Liu Chih Ming
responde às seguintes perguntas:

- O que é o Tai Chi Chuan para o senhor?
- Qual é a importância da prática do Tai Chi Chuan?
- Qual é a principal qualidade que um praticante de Tai Chi Chuan deve desenvolver?
- Que conselhos daria para aqueles que estão começando a praticar Tai Chi?
- Qual é tempo mínimo, por semana, que recomenda praticar o Tai Chi Chuan?
- Por que há poucos jovens engajados na prática do Tai Chi Chuan?
- O aspecto terapêutico da prática do Tai Chi a torna mais indicada para idosos?
- Com que idade começou a praticar Tai Chi Chuan? Quais suas memórias mais antigas? Como era a sua prática?
- Quem foram seus mestres?
- Pode contar alguma situação engraçada ou curiosa envolvendo o Tai Chi Chuan?
- O que é ba gua?
- Em alguma ocasião precisou empregar seu conhecimento de artes marciais como defesa pessoal?
- Como consegue equilibrar a sua vida cotidiana familiar com o Tai Chi Chuan?
- Como era conviver com o Mestre Liu Pai Lin?
- O que caracteriza o Tai Chi Chuan Pai Lin?
- Poderia nos falar mais do Mestre Zhang Qin Ling e da prática de Yangjia Michuan Taijiquan, a “tradição secreta da família Yang”?
- Quais são os requisitos para um praticante de Tai Chi Pai Lin tornar-se professor?
- Com a passagem de seu pai o senhor assumiu a missão de dar continuidade à divulgação dos conhecimentos taoístas de sua linhagem no Brasil?
- Pode comentar a homenagem que a RTCB fez ao dedicar a primeira edição ao Mestre Liu Pai Lin?
- Quer enviar alguma mensagem para os leitores da RTCB?

Para ler a entrevista,
visite o site da Revista Tai Chi Brasil.


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Mestre Liu Pai Lin - biografia em francês

Maître Liu Pai Lin

     Maître Liu Pai Lin est né à Tientsin en République Populaire de Chine le 8 décembre 1907. Il a commencé ses études en médecine chinoise et les arts martiaux avec son grandpère, Liu Yunpu, célèbre médecin taoïste et maître en Wu Kung.
     À 17 ans, il est entré à l'école militaire à Huangpu, devenant général à 37 ans et ayant commandé 60 mille hommes.
     Depuis ses 14 ans, il s'est dédié à l'apprentissage du Tai-chi-chuan et du Tao, recevant les vraies connaissances par la transmission directe de trois maîtres taoïstes des lignages Lu Man (Porte du Dragon), Gin San (Montagne Dorée) et Kun Lun (Montagne de la Chine).
     Il est arrivé au Brésil en 1975 et s'est dédié à la diffusion de ses connaissances en médecine chinoise et en tai-chi-chuan. Il a formé un grand nombre de professionnels dans ces domaines et a soigné des milliers de personnes.
     Il a donné des conférences en Argentine, au Mexique, au Japon et a participe en Chine au Congrès International de l'Énergie Intérieure (Nui Kung) et au Séminaire International de Qi Gong Taoïste, et a reçu la médaille d'honneur du mérite en tant que maître de tai-chi-chuan de niveau le plus élevé.
     En 1990, il a été décoré, à São Paulo, de la Médaille de Anchieta, de la Grande Croix de l'Ordre du Mérite Municipaliste et s'est vu décerné le titre de Citoyen de la ville de São Paulo. Il a reçu en 1993 le titre de Président d'Honneur de l'Association Internationale de Tai Chi Chuan de Taiwan.
     Maître Liu Pai Lin est mort à 93 ans le 2 février 2000.”


LIU, Pai Lin; HAYASHI, Yoshitsugu e SHIODA, Kenichi
Le Qi Gong du maître Pai Lin et la Chiropractie /
Le Seitai avec énergisation.
São Paulo: Editora Paulo’s, 2009. Página 5.

O livro pode ser adquirido no Instituto Shioda

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Como uma semente

"Aquietar-se 
no vazio e no centro
é chegar ao núcleo do ser.

Cada noite um abraço.
Cada noite um encontro.

Cada noite submerjo no vale escondido
onde as maravilhas recriam sua natureza.

Onde a vida se concentra
como semente que pulsa,
como semente que respira
para amanhecer cedo em movimento,
a cada día,
como em cada primavera!!!"

Ana María Díaz
 
tradução minha de
poesia publicada em 2011
em seu blog Poemas.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Vídeos do Aprender Tai Chi

Para acessar diretamente
os vídeos que divulguei no YouTube,
visite o Canal de Tarcisio108.

Para ver os vídeos mais recentes
que destaquei nas postagens do blog,
coletados em diversas fontes,
use o link vídeos.
Você verá
20 postagens com vídeos,
se quiser mais
clique em "postagens mais antigas". 

sábado, 3 de setembro de 2011

Investir em saúde

Hoje todos
encontram tempo
para cuidar dos dentes
todos os dias,
várias vezes ao dia,
por compreenderem
os efeitos do descuido.

Para ter tempo
de meditar
e mover-se com suavidade
todos os dias
é necessária a mesma compreensão,
perceber as consequências
da falta de serenidade e equilíbrio.

Criar hábitos
para preservar a saúde
física, mental e espiritual
é saber valorizar
o que mais importa,
não perca tempo!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Movimentos do Tai Chi Chuan Pai Lin (37) Parte 2

12. RECUAR DANDO TAPAS,
       LIMPAR ATÉ O JOELHO E EMPURRAR,
       ABRAÇAR O TIGRE E EMPURRAR À MONTANHA

13. GIRAR E CONDUZIR,
       PUNHO SOB COTOVELO,
       ESPETAR EM LÓTUS

14. RECUAR E REPELIR O MACACO,
       DAR PALMADA NO CAVALO,
       CRUZAR AS MÃOS E CHUTAR

15. COLHER AGULHA NO FUNDO DO MAR

16. ABRIR O LEQUE

17. GIRAR E GOLPEAR COM O PUNHO E A PALMA

18. SEPARAR A CRINA DO CAVALO

19. TRABALHAR A LANÇADEIRA

20. GALO DOURADO NUM PÉ SÓ,
       RECUAR E PROTEGER

21. VOAR OBLIQUAMENTE

       CHICOTE

23. DAR PALMADA NO CAVALO,
       GOLPE DE COTOVELO,
       CRUZAR AS MÃOS E CHUTAR

24. PUXAR E GOLPEAR COM O JOELHO,
       VENTO ATINGE OS OUVIDOS

25. ABAIXAR CRUZANDO AS MÃOS,
       LEVANTAR E SOLAR

26. CHICOTE

27. DAR PALMADA NO CAVALO,
       CHUTAR E ESPETAR

28. GIRAR E CHUTAR VARRENDO O LÓTUS,
       ABAIXAR

29. LEVANTAR,
       PROTEGER O JOELHO E SOCAR O BAIXO VENTRE,
       RECUAR E DEFENDER

30. AVANÇAR,
       ACOMPANHAR A CAUDA DO PÁSSARO

31. CHICOTE COM PASSO LARGO,
       ABAIXAR

32. SETE ESTRELAS,
       CHUTAR,
       RECUAR E MONTAR O TIGRE

33. ESPETAR,
       GIRAR E ESPETAR

34. GIRAR E CHUTAR VARRENDO O LÓTUS

35. ESTICAR O ARCO E FLECHAR O TIGRE

36. PASSO EM ARCO, BLOQUEAR E SOCAR

37. ABRIR E FECHAR,
       CRUZAR AS MÃOS,
       ABRAÇAR O TAI CHI
       RETORNAR AO VAZIO



Esta versão dos nomes dos 37 conjuntos de movimentos
da sequência curta de Tai Chi Chuan Pai Lin
foi elaborada por Tarcísio Tatit Sapienza em 2011
a partir da experiência de ensino e da consulta às seguintes referências:
“Tai Chi Pai Lin: Tai Chi Chuan - 37 Movimentos Básicos”,  publicação de Maria Lúcia Lee (1981);
Tai Chi Chuan: Movimento, Saúde, Longevidade”, vídeo de Maria Lúcia Lee (1989);
nomes tradicionais dos movimentos do Estilo Yang de Tai Chi Chuan.


Este texto corresponde à legenda opcional do vídeo “Taijiquan Tai Chi Pai Lin part 2”.
(Para ver as legendas aqui clique no botão em forma de piramide, no YouTube use o botão “cc”)

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Como viver mais?

"As pessoas
da família de Liu Pai Lin
nunca viveram muito,
mas ele conseguiu chegar aos 93 anos.

“Minha saúde
sempre foi frágil,
desde criança.”

Pai Lin
pratica tai-chi-chuan,
arte milenar
que mistura exercícios
físicos e de respiração.
 
A principal arma
de Pai Lin
para a vida longa
é a calma.

“Quando você fica nervoso,
desequilibra-se
e perde uma parte de sua energia
para o meio em que está vivendo.”

Na opinião dele,
os exercícios de tai-chi-chuan
ajudam a captar energia.

“Eu me alimento
da própria natureza,
não só ingerindo alimentos
de todas as cores,
mas entrando em comunhão com ela.” "


Trecho de entrevista a Lavínia Fávero
publicada no jornal Folha de São Paulo
de 13 de março de 1999,
no suplemento Folhinha, página 3.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Por que praticar Tai Chi Chuan?

"Para evitar o estresse,
e outras tantas doenças da sociedade moderna,
e auxiliar no tratamento de diversas enfermidades,

uma pequena mudança de hábitos,
aliada a prática de exercícios,
podem ser de grande ajuda,
e até mesmo reverter quadros graves.

Aos poucos,
o conceito de melhor qualidade de vida,
associado à prática de atividades físicas,
começa a ganhar espaço.

Para começar,
uma ótima opção é praticar Tai Chi Chuan.

Os especialistas
e os próprios praticantes
admitem que este tipo de atividade
ajuda significativamente
na rotina diária.

O Tai Chi Chuan
surgiu na China por volta de 1200
no templo taoísta do Monte Wudang.
Com o tempo o caráter esportivo
do Tai Chi Chuan se acentuou
e seus benefícios terapêuticos
foram se confirmando,

a ponto de o presidente Mao Tse Tung
ter incentivado sua prática
para a conservação da saúde do povo,
sendo hoje praticado por milhões de pessoas,
não apenas na China, mas em todo o mundo.

O Tai Chi Chuan
é uma arte marcial da escola interior,
tendo sua predominância na força interior,
com o desenvolvimento e conservação da energia vital,
na respiração,
na postura
e na atitude mental do praticante.

Seu treinamento objetiva,
não apenas o fortalecimento do corpo
e o aprimoramento da técnica,
mas, também, a tranquilidade mental,
o equilíbrio emocional
e o desenvolvimento espiritual do praticante." 

Nivia Junqueira (Educadora Física)


Trecho do texto "Por que praticar Tai Chi Chuan?"
postado no blog "Vida Ativa" em 14 de fevereiro de 2011.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Aprender Pa Kua

O Baguazhang (八卦掌)
é uma arte marcial
interna chinesa
de origem taoísta
fundamentada no
conhecimento do I Ching.

Andando em círculos
são realizadas
as mutações
dos movimentos
associadas aos 8 trigramas
do Pa Kua (Ba Gua).

Mestre Liu Chih Ming (劉之明),
discípulo do famoso
Mestre Wang Shu Jin (王樹金),
é desde o início da década de 1980
um dos pioneiros
no ensino desta arte
no Brasil.


No vídeo de Elza Ramalho
Mestre Liu Chih Ming guia a prática do Pa Kua Chang
durante viagem na China, em 2007.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Os efeitos da massagem Tui Na

A fisioterapeuta Nana Liu,
neta do mestre taoista Liu Pai Lin,
com quem aprendeu o tui-na desde os 12 anos,
atendeu ao repórter com dor nas costas,
interessado em fazer uma matéria
sobre a massagem milenar chinesa tui-na.

“Deitei de bruços numa cama alta
e ela começou esfregando minhas costas
com as palmas das mãos
em movimentos circulares leves.
O que parecia uma carícia
logo ganhou velocidade e pressão,
como se suas mãos fossem enceradeiras.
O vigor e a rapidez das manobras
são impressionantes.

O vocábulo tui-na 
significa "empurrar" (tui) e "puxar" (na).
São os movimentos básicos da massagem,
que conta com 37 tipos de manobras.
É difícil descrever
todos os movimentos
que se alternam com rapidez.

Os braços firmes de Liu
finalmente pararam alguns segundos.
Com uma mão sobre a outra,
ela fazia uma pressão
quente e gostosa
na base da minha coluna.

Virei com a barriga para cima,
e a terapeuta atacou meus pés.
Nessa virada,
me dei conta de que a coriza
que às vezes me ataca de manhã
tinha passado.
Meu nariz destapou
e experimentei
uma sensação boa de relaxamento.

Ela também massageou
a cabeça e os braços,
fez pequenas torções no tórax
e movimentos circulares na barriga
nos sentidos horário e anti-horário.
Suas mãos pararam de novo
no meio da barriga
e no centro do peito,
onde a massagem terminou.

Não tive vontade de dormir,
o que acontece com frequência
quando recebo massagem.
Pelo contrário,
me sentia disposto e revigorado.
A dor havia passado.


Trechos do texto de Marcos Dávila "A Tataravó das massagens"
publicado no Jornal Diario Popular, de Ipatinga (MG), 
em 10/08/2010, na página 8.
Divulgado na seção Equilíbrio e Saúde da "Folha.com" 
em 10/08/2010, disponível neste link.

Nana Liu atende 
em São Paulo na região da Vila Mariana, 
contatos pelo celular 6463-1905.

Acesso às Práticas Integrativas e Complementares em Saúde em SP

Desde 2001,
a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo
oferece opções de tratamentos
de medicina tradicional e natural
e práticas corporais

Na cidade, são quatro unidades especializadas,
em Guaianases, Parque D. Pedro II, São Mateus e Vila Mariana.
No total, o programa está em 444 unidades de saúde,
com 1.047 instrutores
de práticas corporais, meditativas e atividades físicas.

A idéia é incentivar
a adoção de alimentação adequada,
de exercícios físicos
e do equilíbrio emocional,
para prevenir problemas de saúde
e aumentar a qualidade de vida.

“Difícil mesmo
era saber onde eu não sentia dor”,
lembra Iraceli Ursulino Bueno, 70 anos,
que, mesmo com a fisioterapia,
tinha os movimentos limitados
e sofria muito com dores articulares.
Ela encontrou
o caminho para o bem-estar
no Parque do Carmo,
na Zona Leste da cidade,
ao conhecer e começar a praticar o lian gong,
exercício de origem chinesa.

Cacilda Veloso Fernandes, 76 anos,
conta que procurou
o Centro de Práticas Naturais em Saúde 
de São Mateus, na Zona Leste,
porque, após um tombo,
não conseguia mover o braço direito. 
Começou imediatamente
a frequentar as práticas corporais
da medicina tradicional chinesa.
Na terceira semana,
já sentiu não só melhora no braço,
mas na saúde como um todo.
“Estava toda travada,
quase precisando de bengala.
O braço sarou,
normalizei a pressão,
melhorei a postura
e até o sono”, comemora.


divulgada no Portal da Prefeitura de S.Paulo em 7 de Junho de 2011.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Arte Marcial Taoísta dos Mestres Liu Pai Lin e Liu Chih Ming

As tradicionais
artes marciais internas da China
são demonstradas com maestria
no DVD "Arte Marcial Taoísta
dos Mestres Liu Pai Lin e Liu Chih Ming".

Mestre Liu Pai Lin (劉百齡) apresenta:
    o Tai Chi Chuan Pai Lin de 37 movimentos
    e o Tai Chi Chuan Pai Lin de 108 movimentos,

Mestre Liu Chih Ming (劉之明) realiza:
    a Espada Tai Chi,
    o Baguazhang de 8 palmas
    o Baguazhang de 64 palmas
    e a Espada Dupla Baguazhang.

Os registros
são raridades
do início da década de 1980, 
preciosos para quem se dedica a estas artes.
A qualidade dos vídeos é VHS.


CEMETRAC; "Arte Marcial Taoísta dos Mestres Liu Pai Lin e Liu Chih Ming"; São Paulo (Brasil): Avalon; 2006.
 
O DVD pode ser adquirido no CEMETRAC.
Assista um trecho com o Mestre Pai Lin
(com qualidade reduzida, refilmado da TV):

Meditação e terapia

“Meditação
é uma forma de prática
que pode recuperar
a energia do corpo humano,
aumentando sua resistência.

Ela tem a capacidade
de nos relaxar totalmente,
equilibrando o yin e o yang,
o sangue e a energia vital
– tanto do terapeuta como do paciente.

A meditação pode também
ajudar o espírito do terapeuta
a ficar mais concentrado,
promovendo a união
entre ser humano, céu e terra.
Desta forma,
ele pode aplicar
sua intenção na terapia,
atingindo resultados mais eficazes.

Já para o paciente,
a meditação
ajudará bastante o corpo
a melhor receber o tratamento.

Portanto,
ambos os lados se beneficiam
das práticas meditativas,
harmonizando a essência, a energia e o espírito
– segredos taoístas
para se atingir saúde e serenidade.”


Mestre Liu Chih Ming


Trecho do artigo “Saúde e os Segredos da Longevidade”,
publicado na Revista Estação Ponto de Luz de Julho de 2011, 
Joanópolis: Hotel Ponto de Luz/P21Design, p. 30 a 33.

Leia a revista neste link.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Aprender a ter paciência

"Muitos não praticam
o Tai Chi Chuan
por acharem-no
muito lento e monótono,

principalmente
as pessoas agitadas,
dizem que não conseguem
ter paciência
para participar das aulas.

Mas, são justamente essas pessoas
que deveriam procurar o Tai Chi,
para conseguirem equilibrar
suas energias e emoções.
           
No começo realmente é bem difícil.
Eu mesma cheguei a praticar
algumas aulas
com a professora Ivana Barbosa.

A primeira
foi praticamente impossível,
uma vontade incontrolável
de sair correndo daquele lugar,

porém, comecei a respirar
devagar e profundamente,
tentando me concentrar no momento
e esquecer o resto da vida.

Deu certo!
Fiquei até o final
e me senti muito mais serena
após a aula.

É preciso força de vontade
para mudar nossa natureza agitada
e concentração é essencial!"

Nivia Junqueira (Educadora Física)


Trecho do texto "Por que praticar Tai Chi Chuan?"
postado no blog "Vida Ativa" em 14 de fevereiro de 2011.

Ter ou Ser?

“A única coisa
realmente verdadeira
é o amor ao próximo.

As pessoas lutam muito
para conseguir
um pedaço da Terra,
alguma coisa que as pertença.

Mas, quando você tem em mente
a idéia do Universo,
a Terra parece tão pequena ...

por isso,
a única coisa
que nos pertence mesmo
é o nosso corpo,
e é ele que devemos respeitar.

A melhor maneira
de fazer isso
é amando as outras pessoas.”

Mestre Liu Pai Lin


Trecho de entrevista a Lavínia Fávero
publicada no jornal Folha de São Paulo
de 13 de março de 1999,
no suplemento Folhinha, página 3.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Despedida do Mestre Liu Pai Lin

“Noventa e tantos anos
de permanência
neste corpo passageiro, falso...

Muitas vezes
penso em retornar à origem,
deixar este mundo ilusório.

Perguntaram para onde iria...

Para o aconchego das nuvens
sobre a montanha Kun Lun.”


Mestre Liu Pai Lin


Poesia escrita pelo Mestre Liu Pai Lin em seu último ano entre nós,
divulgada pelo Mestre Liu Chih Ming no site do CEMETRAC.


terça-feira, 19 de julho de 2011

Movimentos do Tai Chi Chuan Pai Lin (37) Parte 1

01. PRINCÍPIOS 
    
NASCIMENTO DO TAI CHI 
ABRAÇAR O UNIVERSO
UNIR OS 3 TESOUROS
MANIFESTAÇÃO DOS 5 ELEMENTOS
POSTURA DA RAPOSA
BALANÇAR YIN YANG
ROLAR O TAI CHI
APARAR HORIZONTAL

02. ACOMPANHAR A CAUDA DO PÁSSARO

APARAR
DESVIAR
PRESSIONAR
EMPURRAR
DESENHAR O TAI CHI

03. GRANDE DESVIAR

COLHER E PUXAR
COLHER E QUEBRAR
GOLPE DE COTOVELO
GOLPE DE OMBRO

04. CHICOTE NA DIAGONAL

05. SUSPENDER A PALMA

06. CRUZAR E ESTENDER AS ASAS

07. LIMPAR ATÉ O JOELHO, EMPURRAR E AVANÇAR

08. TOCAR O ALAÚDE,
       GIRAR A MOENDA

09. AVANÇAR, COLHER E ABAIXAR,
       LEVANTAR E SOCAR

10. ABRIR E FECHAR

11. CRUZAR AS MÃOS


Esta versão dos nomes dos 37 conjuntos de movimentos
da sequência curta de Tai Chi Chuan Pai Lin
foi elaborada por Tarcísio Tatit Sapienza em 2011
a partir da experiência de ensino e da consulta às seguintes referências:
“Tai Chi Pai Lin: Tai Chi Chuan - 37 Movimentos Básicos”,  publicação de Maria Lúcia Lee (1981);
Tai Chi Chuan: Movimento, Saúde, Longevidade”, vídeo de Maria Lúcia Lee (1989);
nomes tradicionais dos movimentos do Estilo Yang de Tai Chi Chuan.


Este texto corresponde à legenda opcional do vídeo “Taijiquan Tai Chi Pai Lin part 1”.
(Para ver as legendas aqui clique no botão em forma de piramide, no YouTube use o botão “cc”)

domingo, 3 de julho de 2011

Ser mortal

Ser humano
é ser frágil,
ser vulnerável.

Conhecer
as possibilidades
de adoecer,
do envelhecer,
de viver limitações.

Reconhecer
o horizonte da morte.

O Tao ensina
a preservar-se em vida,
tanto quanto possível,
e a renovar-se diariamente.

Saber manter a integridade
ao alcançar o horizonte do mistério...

Recuperar a forma após o parto

A Dra. Pauline Bao
apresenta 7 razões
para considerar o Tai Chi Chuan
o melhor exercício
para recuperar-se da gravidez:

1. Fortalece os ossos da região pélvica,
expandidos na gestação e parto.
Assim quadris, cintura e caixa torácica
retornam ao tamanho anterior,
permitindo adotar
uma postura mais alinhada.

2. Melhora o sistema digestivo e
favorece o processo de eliminação,
reduzindo o volume
da região do baixo ventre.

3. Promove a circulação sanguínea e
a eliminação da gordura
em volta dos órgãos,
diminuindo a barriga.

4. Favorece a transpiração
de modo a eliminar líquidos retidos
em músculos, órgãos e tecidos,
evitando o inchaço.

5. Massageia os órgãos
por meio da respiração
realizada a partir do centro do corpo,
mobilizando todo o organismo e
melhorando a saúde.

6. Fortalece a musculatura.
A flexão dos joelhos,
movimentação contínua dos braços
e girar constante do corpo
tonifica músculos
em áreas difíceis de trabalhar.

7. Equilibra as emoções.
Meditar em movimento
com a respiração suave
e a atenção no fluxo de chi
permite relaxar e eliminar o stress.


Tradução e adaptação do texto da Dra. Pauline Bao
postado no blog “Lose Your Post Pregnancy Belly”.
O texto em inglês corresponde à sua fala neste vídeo:

domingo, 26 de junho de 2011

Ser taoista

"O efeito do treinamento
reiterado diariamente
seria habitar
um mundo da vida taoista

experiência caracterizada
pela economia habitual da força vital,
pela tendência ao movimento lento
organizado a partir do centro gravitacional do corpo,
pela busca de um estado de serenidade.

O sentido e propósito
dos treinamentos taoistas
consiste em operar
uma transformação global do praticante,

ao propiciar uma
experiência específica do ser no mundo,
mais do que expressar
uma concepção lógico-estética de mundo."

José Bizerril

trecho de artigo "O caminho do retorno: envelhecer à maneira taoista",
publicado na revista Horizontes Antropológicos,  Porto Alegre,  v. 16,  n. 34, Dec. 2010.

Link do artigo

Como começar a meditar?

“O Mestre Liu Pai Lin
sempre ensinou
como básico:

Sente em lugar confortável.
Relaxe,
mantenha os olhos
entreabertos.

Coloque sua mão esquerda
sobre o umbigo.
A direita sobre a esquerda.
Foque sua atenção neste ponto (umbigo).

abrace o Tai Chi








Desligue
de tudo que está fora,
se a mente fugir
você retorna sua atenção novamente,
tudo isso muito relaxado.

Não controle a respiração.
Fique quanto tempo desejar.

Este é o básico
para se iniciar o treino
e já ir guardando energia.”

Nelson Tahuze

Trecho de "O básico!",
tópico postado em 16/03/09
na comunidade do Orkut "Meditaçao Taoista Tao In"

domingo, 19 de junho de 2011

Crianças praticam Tai Chi Chuan

Praticar Tai Chi Chuan
desde a infância
é oportunidade
de aprender 
a preservar
o estado natural do ser.

Esta comunhão 
permite resguardar
a natureza original
de cada criança:

a união de corpo e espírito
e a capacidade
de movimentar-se 
com suavidade e firmeza,
leveza e energia,
concentração e tranquilidade.


No vídeo
crianças do ensino fundamental
demonstram Tai Chi Chuan
na cidade de Hsinchu, em Taiwan (ROC)
新竹市北門國小太極廿四式


Children doing Tai Chi Chuan.

Renovar-se

“Viver é se renovar.
É fazer circular
de forma permanente 
e incessante
a energia,
tal como a natureza faz.

É necessário
que o homem esteja receptivo
para receber sempre esta energia.”

A declaração
é do mestre Liu Pai Lin,
que este final de semana
está reunido com os participantes
do curso da Unipaz (Universidade Holística)
ministrando o curso
Formação Taoísta em Saúde e Longevidade.

“Vim falar sobre os frutos da vida
mostrando os caminhos
para o homem e a mulher
saberem captar e preservar a vida”,
acrescentou o mestre.

"Frutos e flores", matéria publicada
no Diário do Nordeste (Fortaleza, Ceará),
na seção Colunistas, em 23/01/1999.

domingo, 12 de junho de 2011

Tai Chi Sentado

Mestre Liu Pai Lin
começou a ensinar no Brasil
o Tai Chi Sentado
na década de 1980,
para que assim como ele
seus alunos preservassem
a vitalidade e a flexibilidade.

Salvatore Guida
realiza diariamente
a prática
desde esta época.
Com 58 anos no vídeo abaixo,
demonstra os resultados  do treino
ao tocar a cabeça nos joelhos
e levantar-se com facilidade.

É preciso
saber se respeitar
ao realizar o treinamento,
cuidar de não exceder seus limites.

Observe também
o Mestre Liu Pai Lin
praticar o Tai Chi Sentado
na postagem Flexibilidade, firmeza e disciplina.

Dançar Tai Chi

Tai Chi Chuan
é movimento expressivo.

Manifestar
com sensibilidade
intenções no espaço e no tempo.

Ao interiorizar seu aprendizado
o praticante descobre
como exteriorizar
as intenções verdadeiras
e percebe
maneiras de acolher
e transformar
os movimentos dos outros.

Ao treinar só
ou em grupo,
estuda possibilidades de interação
na realização coletiva da forma
e nas aplicações dos movimentos.

Num limite
há sequências de treinamento estruturadas,
no outro a não forma,
o improviso,
a intuição,
a sintonia com o universo.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Aliviar os sintomas da fibromialgia

O efeito da prática do tai chi chuan
em pacientes com fibromialgia
foi tema de um estudo publicado em 2010
pelo grupo de pesquisadores do Dr. Wang Chenchen,
da Tufts University School of Medicine, de Boston (EUA).

O jornal Folha de São Paulo
divulgou que os resultados desta pesquisa
parecem indicar que praticar tai chi chuan:

“alivia dores nas articulações
e outros sintomas da fibromialgia”

“Os sintomas da doença incluem dor no corpo,
fadiga e pontos sensíveis nas articulações,
músculos e outros tecidos leves.”

“Os sintomas melhoraram
de forma significativa
para o grupo de tai chi chuan.”

“Os pesquisadores notaram melhorias
na dor, humor, qualidade de vida,
sono e capacidade de exercício,
que se mantiveram por 24 semanas
após o início do estudo.”

O estudo randomizado foi realizado
com 66 pacientes com fibromialgia,
divididos em dois grupos.

Durante uma hora, duas vezes por semana, por 12 semanas,
o grupo de controle
realizou exercícios de alongamento
e recebeu orientações de saúde e qualidade de vida,
enquanto o outro grupo
praticou tai chi chuan estilo Yang
e estudou seus princípios, a meditação e o relaxamento,
com a orientação de praticar diariamente em casa ao menos 20 minutos.

A avaliação dos resultados de cada grupo
foi feita por meio de 2 questionários,
um relativo aos sintomas da Fibromialgia (FIQ),
e outro sobre qualidade de vida (SF-36).

O estudo concluiu que:
“Tai chi pode ser um tratamento adequado à fibromialgia
e merece estudos mais prolongados
com um número maior de participantes.”


artigo da Folha de São Paulo Online (Equilíbrio e saúde), de 20/08/2010.


"A Randomized Trial of Tai Chi for Fibromyalgia."
Autores: Chenchen Wang, Christopher H. Schmid, Ramel Rones, Robert Kalish,
Janeth Yinh, Don L. Goldenberg, Yoojin Lee, e Timothy McAlindon.
Publicado no The New England Journal of Medicine n. 363;8 em 19 de agosto de 2010. Pág. 743-754.

O artigo está disponível neste link (em inglês).

Trabalhar corpo e mente

“Tai chi é uma prática de corpo e mente
que se originou na China como arte marcial.
Combina meditação e movimentos lentos, suaves e graciosos,
a respiração profunda e o relaxamento,
para mobilizar a circulação da energia vital (Qi) pelo corpo.

É considerado uma forma de intervenção complexa,
com múltiplos aspectos,
que integra elementos físicos, psicológicos,
emocionais, espirituais e comportamentais.

Por trabalhar corpo e mente,
o Tai Chi pode ser especialmente adequado
ao tratamento da fibromialgia.

Nos Estados Unidos
pessoas com problemas de saúde osteomusculares ou emocionais
praticam preferencialmente o tai chi.

Um estudo pequeno, não randomizado,
revelou que o Tai Chi
reduz sintomas
e melhora a qualidade de vida
de pacientes com fibromialgia,

mostrou também
que pode oferecer benefícios terapêuticos
a pacientes com outras doenças reumáticas crônicas,
tais como a artrite reumatoide e osteoartrite.”

Dr. Chenchen Wang e equipe


Tradução minha de um trecho da introdução do artigo  
"A Randomized Trial of Tai Chi for Fibromyalgia."
Autores: Chenchen Wang, Christopher H. Schmid, Ramel Rones, Robert Kalish,
Janeth Yinh, Don L. Goldenberg, Yoojin Lee, e Timothy McAlindon.
Publicado no The New England Journal of Medicine n. 363;8 em 19 de agosto de 2010. Pág. 744.


sábado, 28 de maio de 2011

A arte da espada

Afastar a grama à procura da serpente,
Fênix estende as asas,
Vento curva as folhas de lótus,
Cavalo celeste galopando no céu,
Macaco branco oferece frutas,
Vento varre a flor de pessegueiro.

Estes são os nomes
de alguns dos 54 movimentos
da Espada de Tai Chi,
arte marcial chinesa
que remonta à dinastia Sung (960 – 279 d.C.).

Conforme escreveu o mestre Liu Chih Ming,

“a simplicidade de seus movimentos
contém uma extrema sutileza e magia.
A leveza e a agilidade de seus movimentos
resultam num bailado gracioso e belo,
no entanto, se utilizados como arte marcial,
podem se transformar em movimentos poderosos e firmes.
Além disso, a prática da Espada de Tai Chi
tem grandes efeitos terapêuticos”.

“A Espada de Tai Chi
tem sua raiz no Tai Chi Chuan,
sendo a espada uma extensão do corpo.
Na prática da Espada de Tai Chi,
o domínio não se consegue só com a mão,
mas sim com todo o corpo.
A magia do movimento
está no fato de que a extensão guia a energia,
e esta por sua vez guia o corpo.
Nesta prática pode-se chegar a um estágio elevado
onde ocorre a união da espada com o ser;
a espada adquire vida e passa a fazer parte do corpo
e, por fim, não são os movimentos da espada que acompanham os do corpo,
e sim o corpo que acompanha a espada”.

Claudio Daniel

Trecho do texto "Equilíbrio e transformação",
postado pelo poeta em 21 de junho de 2009
no blog "Cantar a Pele de Lontra IV"

Tai Chi Chuan e poesia corporal

No final da década de 1990,
o canal SporTV, da Globosat,
apresentou no Programa Esporte Real
uma matéria sobre Tai Chi.

A jornalista esportiva
Renata Cordeiro
inicia com os objetivos
da prática do Tai Chi Chuan:

“Fazer do movimento
um meio de transmutação
para se alcançar a saúde
física e espiritual.”

Armando Nogueira,
um dos principais nomes
da crônica esportiva brasileira,
destaca que:

“Mais que um esporte,
o Tai Chi Chuan
é uma busca
do equilíbrio integral:
corpo, energia, mente.”

Em sua entrevista
o Mestre taoísta Wu Jyh Cherng,
demonstra e conceitua a prática:

“Tai Chi é uma arte que serve para todas as idades.”
“Tai Chi é uma poesia corporal.”
“Tai Chi é uma pintura corporal,
você está desenhando e pintando
traços no espaço
a cada momento,
a cada instante.”

Por breves momentos
no decorrer da matéria
podemos apreciar
a poesia dos movimentos
do Mestre Liu Pai Lin,
tendo como fundo o lago do Ibirapuera
e os edifícios da cidade de São Paulo.

"Tai Chi Chuan: poesia corporal"
Matéria do Programa Esporte Real,
do canal SporTV (Globosat), veículada no final da década de 1990.
O programa conduzido por Armando Nogueira, Renata Cordeiro e Laís Lima
entrevista o Mestre Wu Jyh Cherng a respeito do Tai Chi Chuan.