quinta-feira, 10 de março de 2011

A filosofia do Tai Chi

"Tai Chi é a filosofia da serenidade.
Desenvolvida há mais de 6 mil anos na China,
ela ensina como entrar em sintonia com a natureza
para conseguir o reequilíbrio do sistema nervoso,
repondo e fortalecendo nossa energia original.

Essa harmonia ocorre a partir do momento
em que compreendemos as leis de mutação da natureza,
como o dia e a noite e as estações do ano,
e nos integramos a elas,

conforme explica o mestre Liu Pai Lin,
presidente de honra da Associação Internacional de Tai Chi Chuan, em Taipé, Formosa, China,
e da Associação Neolatina de Acupuntura de São Paulo, onde reside desde 1975.
Considerado uma das maiores autoridades em Medicina Chinesa e em Tai Chi no Brasil,

ele diz que o ser humano é resultante dessa interação de energia intranatureza,
ou seja, da fusão das energias do Céu e da Terra
- Yin (princípio passivo) e Yang (princípio ativo).

O homem possui essas duas energias dentro de si, esclarece.
A filosofia do Tai Chi ensina como equilibrá-las
e preservá-las por meio de meditação e exercícios físicos,
prevenindo as doenças e retardando o processo de envelhecimento.

O próprio mestre Liu Pai Lin é um exemplo de como isso é possível.
As vésperas de completar 92 anos
- nasceu em Tsien-Tsin, China, em 8 de dezembro de 1907 -,
ele ostenta uma  notável agilidade física e mental,
saúde perfeita e a pele tão firme quanto a de um jovem."


Trecho do artigo "O equilíbrio através da sabedoria oriental",
publicado no “Livraria Cultura News”, por Lays Sayon Saade,
São Paulo: Livraria Cultura, novembro de 1999, página 4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário